Publicado por: edisonlsm | 25/09/2011

Eurotrip 2011 – Itália e Suíça (Milão -> Zurique)

Lugano, Suíça

Depois de uma última visita ao centro de Milão, saímos rumo a Zurique. Infelizmente nos perdemos e levamos 1h para achar o caminho certo, o que atrapalhou um pouco nossos planos, mas nada de mais grave.

O objetivo desse dia era fazer todo o trajeto evitando auto-estradas, mas por falta de tempo só pudemos fazer metade do caminho dessa maneira.

Saímos de Milão e fomos rumo a Como, cidade italiana da região dos lagos perto da divisa com a Suíça. Já havia passado por aqui em 2009 e é um lugar que valeu ter voltado. É uma cidade pequena e tranquila, apesar de ser lotada de turistas. Nela já dá para se ter uma noção do que é a suíça: cidades pequenas à beira de lagos cercadas por montanhas. Almoçamos, demos uma volta na beira do lago e seguimos viagem indo para a Suíça.

  Gramado artificial na beira do lago, av. beira-lago e praça central de Como

Estrada Como-Lugano

0

Entramos na Suíça por Chiasso, que fica a apenas 3km de Como, e partimos rumo a Lugano. Evitamos a auto-estrada, que nesta região corta as montanhas por túneis e pontes, e fomos por uma estrada secundária, que foi pelas encostas dos morros beirando o Lago de Como. Uma vista maravilhosa.

—————————————————–

Lugano é mais uma cidade tipicamente suíça, ou seja, pequena, na beira de um lago e no pé de montanhas. Uma maravilha. Infelizmente não tive tempo de conhecer essa cidade como ela merecia, mas é uma cidade que merece uma bela visita, um dia voltarei.

  Margem do lago em Lugano, Suíça

Auto-Estrada Suíça (repare na faixa separada para caminhões)

Saímos de Lugano e pegamos a auto-estrada rumo a Zurique, pois já era quase noite. No caminho entre Lugano e Zurique há o 3º maior túnel de veículos do mundo, o Túnel de São Gotardo. É um túnel de 16km de extensão (isso mesmo, dezesseis quilômetros) que passa por baixo de várias montanhas dos alpes suíços. Porém, o que nós não sabíamos é que esse túnel opera em pista única (uma faixa pra cada lado) e há um sinal que controla a quantidade de carros, para manter o mínimo possível de carros ali dentro. Havia um engarrafamento de 10km na rodovia por causa do túnel, e a mulher da lanchonete que fica na entrada do túnel até riu quando eu perguntei surpreso “mas esse engarrafamento acontece todo dia????”. Portanto, caso planeje passar por aqui, leve em conta o tempo que será perdido nesse engarrafamento (mas eu recomendo pegar a estrada secundária e subir a montanha, é mais rápido e menos assustador que passar pelo túnel).

Demos a sorte de pegar mais um engarrafamento em Luzerna e chegamos em Zurique as 21h (umas 2h depois do previsto), menos mal que não havíamos planejado fazer nada naquele dia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: